PROFESSOR(A): Carinho e gratidão na forma de uma canção
15/10/2020 - 00:42

Confira a linda homenagem do Colégio Estadual do Paraná a todos os professores e todas as professoras do CEP, que juntos com todos os docentes do mundo recebem, nesta data especial, o carinho na forma desta canção!

Uma singela homenagem dedicada a estes grandes profissionais, heróis nestes tempos difíceis de enfrentamento da pandemia. Por isso, com toda a nossa gratidão, o Colégio Estadual do Paraná deseja a todos e todas um Feliz Dia dos Professores! 
...
Música: Ao Mestre com Carinho
Composição: Trevor Lawrence
Produção e Violão: Maestro Alessandro Gomes
Cantora: Isabela Trevizan Camargo 
Intérprete de Libras: Nathan Sales
Agradecimento: Instituto de Educação do Paraná Erasmo Pilotto
Edição de Vídeo: Daniel Fabro 

#colegioestadualdoparana #colégioestadualdoparaná #bandabentomossurunga #bandasinfônicadocep #escolinhadearte  @estadualdoparaná @bandadocep @maestroalessandrogomes  @daniel.fg_  @ihearduliekbee @nathanwsales @nre_curitiba @seedparana


***
Poema:

AULA INAUGURAL
                (Lilia Souza)

Contai-me, ó mestres,
detentores de tanto saber!
Inaugurai em mim – em nós – 
o amor à sabedoria
em novos tempos.
Será que foi previsto?
Em algum lugar inscrito?
Talvez na ponta da lua, 
numa estrela cadente
em recém-descoberta galáxia...

Mestres, ó mestres!
Perdi essa aula...
Como se saber, antes, 
da inusitada troca 
da sala de aula,
do quadro e do giz,
por inesperadas técnicas 
– não dominadas – 
inovadores suportes,
lives, plataformas...
novos termos, novas faces...
E cada professor 
– sem tempo a perder, 
com fé e vontade, 
garra e humildade – 
fazer-se outra vez
um novo aprendiz,
sem deixar de ser 
– com revigor – 
um mestre-nutriz...

Dizei-me, ó mestres!
Onde se esconderia 
tal profecia?
Em papiros do Egito, 
no fundo do Mar Morto, 
no Farol de Alexandria?
Em hieroglifos, 
escrita cuneiforme,
gótico, sânscrito,
ou inestudada língua?
Quem decifraria?

Quem o guardião, 
em que cofre guardado 
tamanho segredo?
Irrevelada incógnita 
em teorema de Pitágoras,
mistério em tela de Da Vinci,
desdenhada revelação 
na máquina do mundo
de um itabirano, 
enigma da Esfinge de Tebas 
– “Decifra-me ou te devoro!” –...

Mestres, revelai-me, 
vós que não vos deixastes devorar, 
que não vos abatestes
diante da procela,
pois tendes espírito 
idealista e guerreiro;
vós que tanto vos debruçastes
sobre cadernos em escrivaninhas,
mesas de bibliotecas, 
mil textos de sábios... 
Onde estaria escrito?

Talvez nas entrelinhas 
de um antigo livro,
de um livro não escrito,
nos versos de um poema,
nas veias de quem ama,
no coração de um professor...

****

 

Naldo Rodrigues

***
 

Homenagem:

Parabenizamos nossos professores e professoras nesta data especial, e que neste ano se torna ainda mais significativa, por se tratar de um momento de grandes desafios frente a batalha contra a Covid.

As dificuldades estão sendo superadas com determinação, inovação e a usual criatividade colocada em prática, para demonstrar que o ensino sempre é possível

Por isso, agradecemos todos e todas! E que o abraço de toda comunidade escolar do CEP chegue a cada um de nossos mestres, e os envolva com o nosso carinho e a nossa eterna gratidão!

Feliz Dia dos Professor e Professora!
#diadoprofessor #diadaprofessora #15deoutubro #homenagens #mestres #cepinho #cepemcasa #cepcom @nre_curitiba @seedparana #colegioestadualdoparana

Últimas Notícias