Notícias

04/12/2009

REIMPLANTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ARTE DRAMÁTICA

COLÉGIO ESTADUAL DO PARANÁ – ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL Avenida João Gualberto, 250 – Bairro Centro CEP: 80.030-000 Curitiba – Paraná Tel.: 41 3304-8926 / 41 3304-8933 E-mail: cep@cep.pr.gov.br Site: http://www.cep.pr.gov.br

REIMPLANTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ARTE DRAMÁTICA: Dia 02 de dezembro, às 19h, no Salão Nobre do CEP, aconteceu um evento histórico: a reimplantação do Curso Técnico em Arte Dramática. Na abertura do Evento foram apresentados, por alunos, vários números musicas acompanhados ao violão pelo Prof. Jonas da Escolinha de Arte do CEP. Os alunos do Curso de Ator Cênico dramatizaram as poesias: Figurantes – Carlos Nejar, Caso Pluvioso – Carlos Drummond de Andrade e Xique Xique – Tom Zé. Foi realizado uma Mesa Redonda com os convidados da área da Dramaturgia, que parabenizaram a iniciativa e importância da reimplantação do Curso de Arte Dramática no Colégio Estadual do Paraná e responderam aos questionamentos feitos pelos alunos, o que oportunizou aos mesmos, um conhecimento maior sobre a profissão e uma melhor compreensão da carreira escolhida por eles. O evento contou com as presenças de professores e alunos do Curso Técnico de Ator Cênico, professores e alunos do Curso Técnico em Produção Áudio Visual, Chefias, Assessoria de Gabinete, Direção Auxiliar do Noturno, Coordenador e alunas do Curso de Secretariado, que realizaram a recepção dos convidados, Professores da Escolinha de Arte, da Profa. Maria Madselva – Diretora Geral do Colégio, além das presenças dos profissionais da área de teatro e cinema, Edson Bueno – Diretor de Teatro, José Barbosa Alves – Produtor e Palhaço, Márcio de Abreu – Diretor da Campanhia Brasileira de Teatro, Luiz Afonso Burigo – Jornalista, Figurinista, Prof. de História do Teatro, História do Traje e de Interpretação, ex-diretor do Gruta 97/99, ex-coordenador do Curso de Ator do CEP de 1990/2000, Regina Bastos – Atriz de Teatro e Cinema, ex-aluna do CEP e do Gruta, Miguel Esposito – Contra-regra do Teatro Guaíra a mais de 40 anos, Meire Abe – Chefe do Departamento de Memória e Preservação do Teatro Guaíra, Mário Veronez – Coordenador do FERA CONSCIÊNCIA do Núcleo Regional de Educação de Curitiba, Amábile Guidolin Rocha – Coordenadora do Ensino Profissional do Núcleo Regional de Educação de Curitiba. Setor de Comunicação Breve Histórico A preocupação com a formação do Ator é histórica no Colégio iniciou na década de 50, quando peças teatrais propostas por alunos já faziam o uso do Auditório do CEP para ensaios e apresentações, e em 1962, a direção contratou o teatrólogo Silvio Jair Kormann. Segundo documentos do Museu Guido Straube, o TECEP tinha estatuto próprio e era ligado diretamente a Direção do Colégio Estadual. O Curso Técnico em Ator, de nível médio do Colégio Estadual do Paraná, foi reconhecido pelo MEC a partir da resolução 129/82 de 21/01/1982 e teve publicação no Diário Oficial sob n° 1234 em 18/02/1982 – quando começou a funcionar no Colégio. Nesta época, existiam dois Cursos de Teatro com habilitações distintas: Ator e Técnico de Teatro. Estes cursos passaram por reformulações em 1996 e neste mesmo ano o curso passou a ter duração de 4 anos. Documentos apontam ser o primeiro Curso de Ator neste formato, lançado no Brasil. Com o advento da Lei 9.394/96, uma nova configuração para a Educação Profissional e com o Decreto n° 2.208/97 e Portaria MEC n° 646/97, com apoio do Programa de Reforma do Ensino Profissional – PROEM ( Portaria MEC n° 1. 005/97), os estabelecimentos de ensino médio, CEFETs e as escolas técnicas federais a reduziram as matrículas para 50%. Esta política separou as redes de ensino: uma destinada a formação acadêmica, e outra, a formação profissional, o que extinguiu vários cursos profissionalizantes. No CEP o Curso de Ator teve sua última turma formada em 2000. Em fevereiro de 2004, o CEP lançou o Curso Técnico em Comunicação e Arte e o de Técnico em Edificações. Somente neste ano conseguimos retomar o Curso Técnico em Arte Dramática, que habilita para o exercício da profissão de Ator ou Atriz. O curso vigente tem a forma de organização curricular: Subsequente. Em 2010, será ofertado o Ensino Médio Integrado em Arte Dramática que tem duração de quatro anos. Entre o presente e o passado, o Curso, tem como prática a realização de Provas Públicas, que consiste em montagens de peças de teatro. Durante a prova os alunos são avaliados pelo conjunto do corpo docente. A Prova Pública é resultado de meses de estudos e um momento de avaliação de todo um processo que coloca os alunos em contato com as tecnologias do mundo teatral. Raquel Mastey Coordenadora do Curso

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.