Língua Portuguesa - Ensino Fundamental

Os estudos, reflexões e debates sobre avaliação tem sido uma prática constante em nosso grupo. Novas leituras, novas reflexões têm gerado novas práticas ainda que lentamente. Afirma Paulo Freire: "a prática de pensar a prática, é a melhor maneira de pensar certo". O problema é que para isso precisamos de tempo para elaborar as leituras e rever estas práticas. Marx lembra que "o tempo é fator de desenvolvimento humano" e talvez seja justamente a falta de tempo é que faz com que o desenvolvimento humano nosso e de nossos/as alunos/as seja sempre retardado, demorado, tão difícil e encontre tantas resistências. Entre tantas outras razões que não nos cabe referir aqui, mas que devem ser pauta das nossas discussões e estudos.

Avaliação

Conteúdos

Metodologia

Professores

Projetos

Proposta Curricular



A avaliação têm se concretizado nas seguintes atividades:


- Provas escritas
- Avaliações orais - seminários e declamação de poesia
- Produção de textos: narrativos e dissertativos
- Diagnóstico para retomada dos conteúdos não apreendidos
- Avaliação das leituras das obras literárias em seminários (individual e em grupo), trabalhos e provas
escritas. Dramatizações, resenhas, reescritas, literatura comparada etc.


Conteúdos

Conteúdos por série/ano

1º Ano
1º Trimestre:
I - Leitura e Interpretação
- Crônicas; Poesias
II - Análise da Língua
- Pontuação; Paragrafação; Ortografia; Verbo HAVER; Linguagem: conceito e origem
- Funções da linguagem ( emotiva, expressiva, referencial, metalingüística, poética e apelativa).
III - Análise Literária
- Gêneros Literários (narrativo, lírico e dramático); Literatura Informativa e dos Jesuítas
- Barroco e Arcadismo no Brasil
IV- Produção de Textos
- Gênero: tipos que contemplem a estrutura e a diferença.
- Tipos de enunciados narrativos e descrittivos ( contos e crônicas).
Produção de Textos Informativos
V- Apêndices
Livros:
Terra Papagalli, de José Roberto Torero. O Uraguai, de Basílio da Gama. Caramuru, de Santa Rita Durão. Marília de Dirceu, de Tomás Antonio Gonzaga. Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meireles) O Boca do Inferno, de Ana Miranda. O vampiro que descobriu o Brasil, de Ivan Jaff.

Sugestão de Filmes:
A Invenção do Brasil:( O Caramuru); Brasil Século XVI

2º Trimestre:
I - Leitura e Interpretação
- Narrativas; Poesias
II - Análise da Língua
- Conceito de Gramática; Tempos Verbais; Pontuação; Estrangeirismo; Variação Lingüística na construção do texto.
III - Análise Literária
- Narrativas curtas e longas dos séc. XIX e XX; Literatura Portuguesa; Poesia e Prosa Medieval
IV- Produção de Textos
- Textos Narrativos e Dissertativos; Poemas
V- Apêndices.

Livros:
O Santo Inquérito, de Dias Gomes. Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente. O Bom ladrão, de Fernando Sabino.

Sugestão de Filmes:
Desmundo ( Inspirado na obra de Ana Miranda); Aguirre, a cólera dos deuses( W. Herzog)

Em nome de Deus- Filme para trabalhar a questão de gênero.

3º Trimestre:
I - Leitura e Interpretação
- Textos Narrativos e Informativos; Textos Poéticos
II - Análise da Língua
- Estrutura de Palavras; Formação de Palavras
III - Análise Literária
- Versificação; Figuras de Linguagem;
- Literatura Portuguesa (do Renascimento ao Romantismo)
IV- Produção de Textos
- Textos Narrativos, Descritivos e Informativos
V- Apêndices.
Livros:
Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões. Texto de José Bonifácio de Andrada e Silva. D. Quixote, de Miguel de Cervantes.

Sugestão de Filmes:
Giordano Bruno ( Giuliano Montaldo). A conquista do Paraíso (Ridley Scott). Cristóvão Colombo ( Alberto Lattuada). A Missão ( Roland Joffé). A Rainha Margot ( Patrice Chereau). Romeu e Julieta ( Shakespeare) Carteiro e o Poeta.

2º ANO
1º TRIMESTRE
I - Leitura e Interpretação
- Textos Narrativos: ( crônicas e contos); Textos poéticos.
II - Análise da Língua
- Revisão: Ortografia e Acentuação; O léxico da língua: processo de formação de palavras.( derivação e composição); CLASSE DE PALAVRAS: Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral.
III - Análise Literária
História da Literatura Brasileira: Século XIX: Poesia e Prosa no ROMANTISMO; Características, Obras e Autores
do ROMANTISMO; Gerações: 1.ª, 2.ª e 3.ª do ROMANTISMO;
Romantismo em Portugal (s/aprofundar)
IV- Produção de Textos
- Texto Narrativo: Elementos da Narração (narrador, personagens, enredo, espaço, tempo, diálogo);
- Resumo;
- Produção de Textos poéticos.
V- Apêndices
Livros:
Senhora, Iracema, de José de Alencar; Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo; Câmera na Mão, o Guarani no Coração, de Moacir Scliar; Corações partidos, de Luiz Antonio Aguiar.

Sugestão de Filmes:
Inocência, de Walter Lima; Amistad,Steven Spielberg; O múltiplo, de José de Alencar.

2º Trimestre
I - Leitura e Interpretação
- Textos Jornalísticos; Textos de Informação: Notícias.
II - Análise da Língua
- CLASSE DE PALAVRAS: Pronomes, Verbos, Advérbios; Vozes Verbais: Passiva sintética e analítica (Revisão)
III - Análise Literária
História da Literatura Brasileira: Século XIX: REALISMO e NATURALISMO (surgimento, características,
obras, autores). Realismo Psicológico de Machado de Assis (características, obras).
Realismo em Portugal (s/ aprofundar).
IV- Produção de Textos
- Resumo; Produção de Textos informativos, reportagens, Produção de textos dissertativos.
V- Apêndices
Livros:
Memórias póstumas de Brás Cubas e Contos, de Machado de Assis. O Ateneu, de Raul Pompéia. O Cortiço, de
Aluísio Azevedo.

Sugestão de Filmes:
Memórias póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis); Germinal (Emile Zola);, Um mestre na periferia do capitalismo, de Machado de Assis( documentário).


3º Trimestre
I - Leitura e Interpretação
- Textos Informativos: reportagem; Narrativas longas: Sinopses, Resumos e Resenhas
II - Análise da Língua
- CLASSE DE PALAVRAS: Preposição, Conjunção e Interjeição.
III - Análise Literária
- PARNASIANISMO no Brasil (características, autores, obras); SIMBOLISMO em Portugal (s/ aprofundar); SIMBOLISMO no Brasil (principais. Características, autores, obras); Modernismo em Portugal ( s/ aprofundar).
IV- Produção de Textos
- Produção de textos informativos, reportagens; Produção de textos dissertativos; Resumos, resenhas, sinopses.
V- Apêndices.
Livros:
Poemas, de Cruz e Sousa. Flores do Mal, de Baudelaire; Poemas, de Fernando Pessoa.
Poemas, de Florbela Espanca. Conto A Ilha do desconhecido, de José Saramago.

Sugestão de Filmes:
Sonhos- Akira Kurosawa. Reds- Warren Beaty e Tempos Modernos, Charles Chaplin.

3º ANO

1º Trimestre
I - Leitura e Interpretação
- Interpretação de textos, contextos e intertextos
II - Análise da Língua
-Revisão: Acentuação e Pontuação; SINTAXE: Frase, Oração e Período; Sujeito e Predicado, Termos Sintáticos; Períodos Simples e Compostos; Oração Principal x Secundária ( trabalhar de forma contextualizada).
III - Análise Literária
- Revisão: Romantismo ao Simbolismo; Pré-Modernismo; Vanguardas Européias;Semana de Arte Moderna; Primeira Geração Modernista; Obras Literárias: lista oficial da UFPR (leitura e análise)
IV- Produção de Textos
- Gêneros Discursivos (Informativos, Persuasivos e Lúdicos); Dissertação (esquema, estrutura e elementos); Paráfrase (reprodução, resumo, discurso direto x indireto, linguagem coloquial x culta).
V- Apêndices
Livros:
Terras do sem fim, de Jorge Amado. Meus Poemas preferidos, de Manuel Bandeira. O Pagador de Promessas, de Dias Gomes. Como e por que sou romancista, de José de Alencar.

Sugestão de Filmes:
Triste fim de Policarpo Quaresma, herói do Brasil, de Paulo Thiago; Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade; Paixão e guerra no sertão de Canudos, de Antonio Olavo; Amazônia em Chamas. Documentário.


2º TRIMESTRE
I - Leitura e Interpretação
- Interpretação de textos, contextos e intertextos
II - Análise da Língua
- revisão: estudo da Crase; Verbos Irregulares; Concordância Nominal; Concordância Verbal;
Regência Verbal, ( lingüística aplicada).
III - Análise Literária
- Primeira fase Modernista; Modernismo em Portugal; Segunda fase Modernista -poesia; Obras Literárias: UFPR (leitura e análise)
IV- Produção de Textos
- Unidade Temática, Progressão Textual; Dissertação (textos de opinião, ponto de vista); Texto significativo (texto publicitário, carta, réplica); Tradução de Linguagens (norma popular x padrão, linguagem oral x escrita, metafórica x denotativa, estrutura poética x prosa)
V- Apêndices.
Livros:
Dom Casmurro, de Machado de Assis. O Santo e a porca, de Ariano Suassuna. Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida.

Sugestão de Filmes:
Os miseráveis. Documentário: O poeta de sete faces( Drummond); Vinícius de Moraes (documentário)


3º TRIMESTRE
I - Leitura e Interpretação
- interpretação de textos, contextos e intertextos
II - Análise da Língua
- Reestruturação: Períodos Simples x Complexos; Colocação Pronominal; Elementos Coesivos
III - Análise Literária
Segunda fase Modernista: prosa; Terceira fase Modernista (Pós-Modernismo.);Obras Literárias: UFPR
(leitura e análise)
IV- Produção de Textos
- Coesão e Coerência; Intertextualidade (comparação de textos literários e não literários, relação com novo texto, paródia); - Transposição de Linguagens (interpretação de textos figurativos: gráficos, tabelas e mapas, linguagem não- verbal x verbal de charges e tiras, artística x científica); Literatura (trajetória das personagens no enredo pelo seu perfil psicológico nos romances)
V- Apêndices.
Livros:
O Leão de Chácara, João Antonio. Seminário dos Ratos, de Lygia Fagundes Telles. Muitas vozes, de Ferreira Gullar.

Sugestão de filmes:
A hora da Estrela, de Suzana Amaral; Morte e vida Severina, de Walter Avancini Lamarca, de Sérgio Rezende; O que é isso Companheiro?, de Bruno Barreto; As meninas, de Emiliano Pereira; Central do Brasil, de Walter Salles; O pagador de Promessas, de Anselmo Duarte; Olga; 

Topo


Metodologia

O trabalho tem sido desenvolvido a partir das seguintes metodologias:
- Discussão em classe a partir dos conteúdos;
- Debates em grupo;
- Leituras e trabalho em grupo;
- Aulas expositivas e expositivo-dialogadas;
- Trabalhos individuais e apresentação de seminários;
- Contextualização dos conteúdos trabalhados;
- Leituras de textos críticos sobre a realidade social - análise e interpretação; leitura crítica da realidade sócio-histórica para produção de textos dissertativos.


Professores

PROFESSOR TURNO TURMAS
Afonso Manhã 3G/3H/3N
Antônio Whitney Manhã 3I/3J/3K
Cássia Regina Manhã
Tarde
3C2/3D2/3E2
1U/1V/1W/1X
Cristina Aparecida Manhã 2G/2H/2I/2J
Dagmar Manhã 3D/3E/3F
Dulce Lopes Manhã
Tarde
2A/2B/2C/2D
1A/1B/1C/1D
Elizeth Manhã 3A/3B/3C
Fátima Tieko Manhã 3P/3R/3S
Gerson Lopes Manhã 3X/3W/3Y
Isabela Manhã 3F2/3G2/3H2
Marta Ouchar Manhã
Tarde
3Z/3A2/3B2
1M/1N/1O/1P
Mary Donda Manhã
Tarde
3T/3U/3V
2S/2T/2U/2V
Sandra Mara Andrade Manhã 2E/2F/3Q
Vera Moura Manhã 3L/3M/3O
Arlete Tarde 2K/2L/2M/2N
Camila Tarde 2O/2P/2Q/2R
Carlos Tarde 1Y/1Z/2W/2X
Cristiane Branco Tarde 1Q/1R/1S/1T
Ilcea Tarde 2Y/2Z/2A4/2B4
Mauro Sergio da Cunha Tarde 1E/1F/1G/1H
Rosangela Tarde 1I/1J/1K/1L

 

PROFESSOR TURNO TURMAS
Andrea Garcia Noite 3A/3B/3C/3D
Camila Noite 3G/1TE/1TC/
Elizeth Noite 2A/2B/2TE/2TC
Gildásio Noite 1A/1B/1C/1D
Janeslei Noite 2C/2D/2E/2F
Mauro Sérgio Noite 3E/3F/3H


Projetos

- Temos implementados no CEP, há vários anos, os seguintes projetos, além de outros que estão em elaboração e que são referidos na observação: Sedução da Linguagem Poética
- Concurso de Declamação
- Varal de Poesia – autoria
- Publicação de livro de poemas dos/as alunos/as autores/as
- Teatro: Dramatização das obras do Vestibular

Topo


Proposta Curricular da disciplina de Língua Portuguesa - ano de 2007



Pressupostos teórico-metodológicos

O ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira leva em consideração o fato de que a democratização desse saber só se realiza quando os/as alunos/as são capazes de interagir com o texto escrito e oral em seus diversos níveis de complexidade. Quando são capazes de ler nas linhas e entrelinhas, de captar as subjetividades presentes nos textos, perceber o ponto de vista e a presença da ideologia e da intencionalidade do/a autor/a. Compreender que uma vez que pode "estar sujeita às circunstâncias do momento, às instabilidades psicológicas, às flutuações de sentido, a língua em grande medida é opaca, não é transparente. Isso faz da prática da interpretação uma atividade fundamental da vida humana, da interação social" (BAGNO, 2003: 19). Ensinar Língua Portuguesa para os falantes dessa língua, numa perspectiva sócio-interacionista, exige abordar as variações lingüísticas que caracterizam a linguagem na manifestação verbal dos diferentes grupos sociais dos falantes. Realizado dessa forma, possibilita a organização estrutural da linguagem verbal sem que a gramática normativa seja o centro das atividades de ensino-aprendizagem.

Objetivos gerais da disciplina

· Garantir ao/à aluno/a do Ensino Médio um domínio ainda maior das práticas socioverbais, com uma elaboração condizente com seu nível de ensino;
· Capacitar cada vez mais o/a aluno/a a perceber nos diferentes textos as diferentes visões de mundo bem como os interesses que eles carregam, ou seja, a não neutralidade de todo texto;
· Trabalhar no ensino de Língua Portuguesa referindo o caráter social da língua que se realiza na interação verbal e social dos/as interlocutores/as;
· Compreender as variações da linguagem como fenômeno social e refletir as diferentes formas de manifestação do preconceito lingüístico como uma forma de preconceito social em que, segundo BAGNO, "a noção de erro varia e flutua de acordo com quem usa e contra quem";
· Desenvolver as atividades de produção e compreensão de textos como extensão da tarefa de leitura e compreensão do mundo em que vivemos, com a conseqüente produção de reflexões sobre o mundo vivido em textos crítico-reflexivos, percebendo, o próprio aluno, a sua produção discursiva como também interessada, não-neutra;
· Desenvolver, despertar, incentivar, promover no/a aluno/a o prazer da leitura das obras literárias como produtos da experiência da humanidade, como relatos do nosso processo civilizatório tanto Quanto nosso cotidiano. A leitura das obras de ficção deverá levar o/a aluno a compreender que estes são relatos da vida e que a história de todos e de cada um estão ali expressas. 

OBSERVAÇÕES:

1 - O grupo inicia uma discussão sobre a implementação da Lei 10.639 no currículo de Língua Portuguesa. Pretendemos abordar alguns autores africanos de Língua Portuguesa, como Agostinho Neto, e também uma abordagem mais ampla da análise do Romantismo a partir de críticos que observam os reflexos do período pré-abolicionista presente em romances do Romantismo.
Buscaremos letras de música popular de países como Angola, Moçambique e Cabo Verde para enriquecer as trocas
culturais que nossos/as alunos/as e professores/as podem fazer. Neste ano iniciamos um trabalho do qual participaram alguns/algumas professores/as.
Também pretendemos incluir a temática da América Latina e o diálogo cultural com escritores cujas culturas dialogam com a nossa realidade e que hoje estão fora dos nossos currículos, desde Octávio Paz, no México, passando por Garcia Marquez (ambos premio Nobel de Literatura), a Mario Benedetti, Jorge Luis Borges e Eduardo Galeano; ou o paraguaio Augusto Roa Bastos sobre quem sabemos tão pouco. Entendemos que escritores como estes e como Pablo Neruda, Gabriela Mistral, Ciro Alegria, Rubén Dario e tantos outros, não podem continuar desconhecidos de nossos/as jovens e de nossos/as professores/as.
O trabalho de pesquisa que este ano iniciamos, ainda está incipiente mas já foi um passo importante na busca de um currículo que espelhe nossa história cultural com pressupostos em uma pedagogia pós-colonialista, que recupera elementos até então desvalorizados da literatura, poesia, cinema e outras formas de expressão de nossos artistas latino-americanos e africanos.
Lamentamos coletivamente a redução da carga horária de Língua Portuguesa, pois isto, de certa forma, desvaloriza a língua Nacional, que é, como sabemos, a base sobre a qual se assenta nossa identidade, e, citando BAGNO (2003:17) mais uma vez, "(...) a língua é parte constitutiva da identidade individual e social de cada ser humano - em boa medida, nós somos a língua que falamos"(...)

2 - Em reunião dia 24 de Outubro de 2006, o grupo de Língua Portuguesa discutiu alternativas para a proposta curricular: se faremos um currículo orientado pelo livro didático adotado (Carlos Alberto Faraco) ou se tomaremos o livro como um dos apoios didáticos. Discutiu-se também a redução da carga horária e as adaptações que teremos que, forçosamente, fazer. Também estamos em estudos sobre as concepções de língua em debate na academia e que ainda não chegaram à escola e sobre a necessária atualização que queremos fazer. Para isso temos leituras sendo realizadas. Temos também como tarefa para 2007 um grupo de estudos orientados sobre Lingüística para que possamos aprofundar a teoria e rever nossas práticas.

Topo

Recomendar esta página via e-mail: