História - Ensino Médio

A disciplina de História no Colégio Estadual do Paraná visa compreender os conteúdos específicos trabalhados, articulados às categorias de Trabalho, Cultura e Poder. Nesse sentido, se propõe a capacitar o aluno para a compreensão do estudo de uma História que rompa com a idéia de um presente contínuo, buscando no contrapelo da história, significados para as suas idéias, crenças, saberes, assim, entendendo que o papel da história e do historiador é sempre lembrar o que os outros esqueceram. Dessa forma, permitir que nunca percamos a memória e sejamos levados ao esquecimento.

Avaliação

Conteúdo

Projetos


Atividades para avaliação em história:

          - Atividades realizadas em sala de aula

          - Atividades que indiquem habilidades de síntese e radação

          - Atividade que permitam veificar o comínio do conteúdo

          - Atividade que expressem a aprendizagem

          - Atividade que explicitem procedimentos

ESTRATÉGIAS AVALIATIVAS 

 

            - Avaliação dissertativa e objetiva individual

            - Avaliação dissertativa e objetiva em dupla

            - Avaliação das atividades realizadas em sala de aula e em casa

            - Trabalhos escritos individuais e/ou em grupos em sala de aula

            - Apresentação oral, em forma de semiario, do trabalho

            - Observação do desempenho escolar do aluno em sala de aula


Conteúdos - Primeiro semestre - 2012

1ª série


.- Conceito de História

- Tempos Históricos

- Memória Histórica e Patrimônio

- Teorias sobre o surgimento dos seres humanos e a organização das primeiras sociedades humanas

- Os primeiros Estados da Antiguidade Oriental

- Cultura, Estado e Religiosidade - Grécia e Roma Antiga

 

2ª Série

- A Modernidade européia e a formação do homem moderno

- Renascimento

- Reforma Religiosa

- Expansão Marítima

- Formação dos Estados Modernos Europeus

- Brasil Colônia

- Revoluções Burguesas

- Revolução Inglesa

- Iluminismo

- Revolução Francesa

- Revolução Industrial

- Independência das Américas

 

3ª Série

- Revisão de conceitos e conteúdos básicos para a construção do conhecimento histórico

- História, Historicidade, Cotidiano, Imaginário, Permanência, Transformações, Culturas, Ideologias

- Concepções Históricas: Para que serve aprender História

- O Imperialismo e o Neocolonialismo: Ideologias e Dominações na África e Ásia

-Primeira Guerra Mundial

Revolução Russa; - Período entre Guerras; a Reconstrução da Europa e ascensão dos EUA

- Brasil República Velha e Contexto da Revolição de 30

- A Crise do Capitalismo ( a crise de 29, causas e soluções, o impacto nas economias capitalista)

- As condiçãos para o fortalecimento das ideias do Nazismo e do FAscimo

- O ideário do Nazifascismo ( a manipulação simbólica, o arianismo, o papel da elite, o anti - semitismo, as condições de ascensão)

- O papel do Nasifascismo na deflagração da Segunda Guerra Mundial

- As aproximações e distânciamento entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial

- A plítica de Alianças (os países envolvidos, as táticas, os campos de concentração, as politicas de eliminação, as fases da Guerra)

- II Guerra Mundial: política de Aliança, genocídio e transformações nas relações de forças na Europa e EUA

- Brasil no Contexto da Segunda Guerra Mundial, participação do Brasil na Guerra.

 

Objetivos:

- Diferenciar pensamentos históricos;

- Identificar e classificar tempos históricos, e assim, analisar de temporalidades (mudanças, permanências, simultâniedade e recorrência), das priodizações e de documentos históricos;

- Perceber a importância da conservação de patrimônios históricos como parte fundamental da criação de memória históricas;

- Identificar as diferentes interpretações historiográficas, e desenvolver análises de temporalidades (mudanças, permanencias, simultaneidades e recorrências), das periodizações e de documentos históricvos;

- Relacionar teorias de surgimento da humanidade com sua organização em sociedades e culturas;

- Reconhecer a importância dos rios na formação das antigas civilizações do Oriente;

- Compreendes o processo histórico do surgimento e desenvolvimento das sociedades gregas e romanas;

-  Identificar semelhanças e diferenças nos conceitos de cidadania, democracia e e república como foram estabelecidos na Antiguidade com o sentido que adiquiriram no mundo atual;

- Identificar as consequências da expansão territorial romana e o surgimento do latifúndio escravista e a marginalização da plebe;

- Caracterizar o processo de desagregação do mundo antigo e sua transformação em novas relações políticas e socioeconômicas;

- Compreender o pensamento teocêntrico e sua infuência na mentalidade europeia para assim localizar o processo colonial e suas relações com a atualidade, a partir de indagação de conceitos de ocupação, dominação e colonização;

- identificar os elementos acerca do conflito cultural que se instala entre colonizados e  colonizadores;

- Construir narrativas nas quais diferenciam as formas de trabalho escravo e sevil no Brasil colonial bem como suas relações com o poder político e econômico;

- Comparar os processos históricos das diferentes revoluções burguesas dos séculos XVII, XVIII e XIX (modernidade e contemporaniedade) no âmbito do poder, cultura e trabalho;

- Perceber a crise do modelo econômico mercantilistas dos Estados absolutistas europeus e que estabelece relações entre a formação do estado Nacional brasileiro e a luta pelo poder entre os diferentes grupos sociais;

- Conceituar história em diferentes concepções;

- Estabelecer relações entre História, cotidiano, imaginário

- Revisar os conceitos de cotidiano, imaginário, permanências e transformações;

- Compreender representações no contexto da sociedade e da cultura;

- Explicitar e analisar o processo da partilha do mundo como decorrência da corrida imperialista;

- Analisar o surgimento e o significado que o sistema de alianças exerceu na política internacional;

- Caracterizar a Revolução de 1917;

 - Revisar as questões referentes ao pós-guerra visando construir base histórica para compreender as temáticas da contemporaneidade;

- Compreender as mudanças no mundo da cultura, trabalho, poder;

- Compreender o contexto histórico do mundo no período entre as guerras mundiais;

- Analisar permanências e transformações no Brasil na República Velha e na Era Vargas.

 

METODOLOGIA:

- Investigação dos conhecimentos prévios dos alunos;

- Aulas expositivas e dialogadas com esquematização temporal dos conceitos de acordo com o contexto histórico;

- Exibição de documentos históricos relacionando diferentes ritmos históricos tendo com contraponto os conteúdos e conceitos abordados;

- Uso de documentos históricos com sua análise e produção de narrativas históricas pelos alunos, observando sempre: autor, época em que foi produzido, a época do qual trata, intencionalidade e o assunto abordado;

- aulas expositivas com produção de mapas conceituais e interpretação de documentos historiográficos de reminiscências e rupturas;

- Pesquisa orientada para coletar dados em fontes de natureza diversa: livros, periódicos e sites educacionais;

- Questões problematizadoras a partir de texos e documentos históricos;



LIVRO DIDÁTICO adotado

FARIA, Ricardo de Moura. et alii. Estudo de História. São Paulo: FTD, 2010

 

Projetos - 2012

- Mural da história - produção de textos de alunos e professores;

-Objetiva estimular a produção e divulgação de textos escritos por professores e alunos que façam reflexão sobre problemas brasileiros e educacionais;

-Cinema e História;

-Objetiva oportunizar aos alunos do ensino médio assistir filmes temáticos da área de História na cinematéca da cidade e em cinemas do circuito comercial.

-Tribuna Livre

-Objetiva e stimular a participação dos alunos no debate público e na preservação da              memória  histórica do CEP e da sociedade brasileira. O projeto desenvilvido pelos professores de História consiste em abrir debate no período de intervalo usando equipamentos de som e possibilitando aos alunos o uso livre da palavra. Em 2012 desenvolvidos nas seguintes datas:

-08 de março: Dia Internacional da Mulher;
-13 de março: Aniversário do CEP;
-13 de maio: Memória e Dominação;
-25 de agosto: celebração do Dia da memória do ataque nuclear ao Japão: Luta pela Paz;
-06 de setembro: Independência e Liberdade;
-20 de novembro:Dia da Consciência negra.

Outras datas poderão ser integradas ao projeto a partir da solicitação da comunidade escolar.

.-100 anos do Contestado - Direito da Terra

 - Objetiva compreender o contexto histórico do Contestado e suas  permanências                    históricas no Paraná e no Brasil.  O projeto vai apresentar a exposição fotográfica, debates e seminários com convidados que estudam o tema e que participam de movimentos de luta pela terra.

                                                                                                                                 

 

                                         " Uma verdadeira democracia tem que propiciar a todos os seus

                              cidadãos todos os usos possíveis da palavra - não para que todos sejam

                                 artistas, mas para que ninguém seja escravo" .(Gianni Rodan) 

Recomendar esta página via e-mail: