Notícias

08/08/2019

Afinação, ritmo e musicalidade que vêm das aulas de piano, voz e expressão

Cantar e tocar instrumentos musicais exige talento, certo? Talvez isso não seja a principal condição para quem cultiva o sonho de soltar a voz e encantar multidões ou até emocionar uma plateia quando sentado à frente de um piano. Pelo menos é o que acham os professores do Modulado de Voz e Expressão e Modulado de Piano, ofertados pela Escolinha de Arte do Colégio Estadual do Paraná (CEP). Eles atribuem ao talento apenas uma pequena parcela para o sucesso diante desses objetivos.

A professora Aline Petry, de Voz e Expressão, afirma que a vontade em querer aprender é muito mais importante para quem quer se aperfeiçoar em aulas de canto. “Partimos do princípio de que todos podem cantar, e para isso basta gostar de cantar”, disse a professora. Ela explica que os exercícios práticos, com ênfase na expressividade vocal, vão aos poucos criando as condições para o aperfeiçoamento que leva ao desenvolvimento na música.

“Temos como objetivo a afinação, o ritmo e a musicalidade, que devem ser alcançados pela dedicação e pelo esforço dos nossos aprendizes”, afirmou Aline. O exercício da musicalidade é feito de acordo com as preferências dos participantes, que podem escolher músicas de repertórios que vão do rock à música erudita, passando pelo jazz, samba, MPB, dentre outras.

Orientados pela professora Aline, os estudantes do Curso Técnico em Teatro participaram, nesta quinta-feira (8), de um ensaio com acompanhamento, ao piano, do professor Hermes Drechsel. A aluna Rebeca Nascimento cantou “Pedaço De Mim”, de Chico Buarque de Holanda; a aluna Vitória Nascimento cantou “Beatriz”, de Edu Lobo; e a aluna Emanuely Carvalho cantou “Garota de Ipanema”, do Maestro Tom Jobim (fotos e vídeos nas mídias digitais).

No modulado de Voz e Expressão, o atendimento dos estudantes é individualizado e a técnica repassada pela professora Aline são as mesmas que ela apreendeu com o Maestro Álvaro Nadolny. Os estudantes ainda têm a oportunidade de participar de audições públicas, e muitos se lançam em uma carreira profissional. As atividades de canto ainda conta com parceiros como a Universidade Federal do Paraná (UFPR), entre outros.

Para se inscrever no Modulado de Voz e Expressão com a professora Aline Petry, é necessário entrar em uma lista de espera. Os interessados devem se inscrever pelo e-mail: aline.vozeexpressao@gmail.com.

PIANO – O Modulado de Piano é outro curso concorrido dentro da Escolinha de Arte do CEP. O responsável é o pianista e professor Hermes Deschsel que, como vimos, acompanha os aprendizes do Modulado de Expressão e Voz com a professora Aline Petry. Ele também afirma que mais importante que o talento é o esforço empreendido pelos estudantes que querem aprender a tocar o instrumento de cordas.

“O piano exige estudo permanente, com exercícios que devem ser feitos em sala de aula e também em casa quando possível”, disse o pianista. As aulas do Modulado de Piano vão de segunda a quinta-feira e são abertas aos estudantes e pessoas da sociedade.

Deschsel explica que os iniciantes recebem instruções sobre os fundamentos musicais, posicionamento das mãos e dicas para evitar vícios de postura, entre outros. Além disso, o instrumento é apresentado aos aprendizes, que passam a conhecer a história de sua origem, até variações em modelos e estilos mais atuais.

Para completar o aprendizado, o CEP dispõe de sete pianos, sendo dois pianos de calda. A afinação acontece pelo menos uma vez por ano. “O Colégio ainda possui pianos da década de 40 e de 50, que serviram para encantar gerações, e que até hoje representam desafios para todos que desejam se iniciar nesses instrumentos tão fascinantes”, concluiu o músico.

Para mais informações, acesse Modulados da Escolinha de Arte.

***

Fonte: Zac Lucatelli - Assessoria de Imprensa

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.