Notícias

13/11/2017

Consumo consciente na merenda do CEP

A fome é um problema que assombra grande parte do mundo. Atualmente, 108 milhões de pessoas sentem essa dor, segundo dados da ONU, de junho de 2017. No entanto, outro fator igualmente assustador gera números exorbitantes, porém, para muitos, parece não causar indignação: o desperdício de alimentos, que ainda é prática comum na sociedade.

As Instituições de Ensino não estão livres desse problema. No Colégio Estadual do Paraná, embora a grande maioria dos estudantes possua atitudes conscientes em relação ao servimento da merenda, alimentando-se bem sem, no entanto, servirem-se de quantidade excessiva, ou seja, consomem o necessário, procurando evitar o descarte de sobras para o lixo, ainda persistem algumas atitudes preocupantes, em especial no horário do reforço da merenda (almoço).

Segundo as cozinheiras do Colégio Estadual do Paraná, Rita de Cássia Filardo e Adriana M. Pereira, o resultado das atitudes de descartar comida no recipiente do lixo, quer por não gostar do cardápio do dia, quer pelo aceite de bandeja cheia mesmo sabendo que não será capaz de consumir todo o alimento que ela contém, é um desperdício prejudicial à Instituição e aos próprios estudantes.

A equipe diretiva da Instituição já desenvolve programas periódicos, visando a mudança de hábito daqueles jovens comensais que ainda praticam o desperdício na hora de se alimentar. Todavia é preciso que as famílias também atuem a favor da iniciativa, porque, para que ocorra a mudança de hábito, é necessária a atuação repetida e em equipe.

A SEED - Secretaria de Estado da Educação -  também contribui com os Colégios: ela elaborou um manual de instruções que orienta as funcionárias sobre todo o funcionamento da merenda escolar, incluindo como evitar desperdícios. No CEP, a Diretora Geral, Tânia Maria Acco, faz a orientação do manual com as cozinheiras. O trabalho é levado muito a sério; outras estratégias estão em curso para se chegar ao mínimo de disperdicio.

            Contribua! Tenha atitude do bem: Não desperdice!  

Fonte: CEPCOM

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.